APOIO ÀS VÍTIMAS DE DESASTRES – 2018


MOVIMENTO BONAPARTISTA

TODOS PARA E PELAS PESSOAS
«Pela honra da França, pelos sagrados interesses da humanidade »
(Napoleão o Grande, 17 anos Ventoso VIII – sábado, 8 de março de 1800)

♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔♔

Preâmbulo.

Após as mortes causadas pela recente tempestade na Reunião, o Movimento Bonapartista transmite suas condolências às famílias das vítimas e presta homenagem aos esforços de nossas forças armadas, agências policiais e serviços de resgate.

O Movimento Bonapartista se reafirma, como movimento nacional, europeu, francês, latino e global, seu apoio aos militares, policiais e socorristas, suas famílias e todas as vítimas de guerra, terrorismo ou desastre.

– Considerando a nossa decisão de 17 de fevereiro de 2015, por ocasião dos 215 anos da lei do 28º período pluviométrico ano VIII da República Francesa;

– Dado nossos deveres para com as pessoas que podem ser vítimas de inundações ou outras formas de desastre.

– Considerando o exemplo de nossos quatro imperadores e, especialmente, por ocasião do 160º aniversário das inundações de 1856, a de Sua Majestade Imperial, Napoleão III, Pela Graça de Deus e da Vontade Nacional, Imperador dos Franceses;

DECIDIMOS PELO SEGUINTE :

ARTIGO PRIMEIRO :

Convidamos todos os habitantes dos municípios do departamento afetado a contatar sua prefeitura, informar os danos sofridos e apoiar o procedimento de reconhecimento do estado de desastre natural.

ARTIGO SEGUNDO :

Previsto para as cheias desde 2016 em outros departamentos e em outros países onde o nosso movimento está presente, também vamos retransmitir os outros meios de prevenção ou de alívio, nos departamentos da França, bem como em outras áreas que provavelmente sofrerão grandes inundações, na França e em outros lugares, já que nossas seções departamentais as transmitem aos Secretários Nacionais no Interior ou ao seu coordenador setorial.

ARTIGO TERCEIRO :

Convidamos todos os Bonapartistas ou apoiadores de nossa causa:

– Para transmitir esta decisão;

– Para contatar seus parentes para tomar as medidas necessárias para evitar danos que podem ser causados por inundações, como resultado de fortes chuvas.

ARTIGO QUARTO :

Por este meio, também pedimos a todos aqueles que residem nos departamentos relevantes:

– Autoridades locais para fornecer abrigo contra enchentes, para acomodar famílias afetadas;

– Associações humanitárias e sociais para contatar o prefeito do departamento, para fornecer uma resposta para atender as necessidades;
– Para os indivíduos:

1 ° Contatar as associações humanitárias e sociais do seu município e departamento;

2 ° Estar pronto para atender as vítimas dentro dos limites previstos pelas instruções dos serviços de emergência, de modo a não colocar a si mesmo ou a outros em perigo ou impedir a ação dos socorristas.

ARTIGO QUINTO :

Esta decisão será publicada nas outras línguas faladas pelo nosso movimento, começando com as línguas obrigatórias, nomeadamente francês, espanhol, árabe e inglês.

ARTIGO SEXTO :

Nossos secretários nacionais do interior, chefes de seção e seus representantes municipais são responsáveis, cada um em sua respectiva capacidade, pela execução desta decisão.

Paulo-Napoleão Calland

Presidente do Movimento Bonapartista

Publicités

A propos Mouvement Bonapartiste

JOURNAL OFFICIEL DE LA RÉPUBLIQUE FRANÇAISE 6 février 2010 1016 - * Déclaration à la préfecture de Meurthe-et-Moselle. MOUVEMENT BONAPARTISTE Objet : défendre, faire connaître et étendre les principes et valeurs du Bonapartisme. Il s’appuie sur l’adhésion populaire à une politique de redressement conjuguant les efforts des particuliers, associations et services de l’État. Le mouvement défend les principes bonapartistes sur lesquels il est fondé, et qui régissent son fonctionnement intérieur. Il défend également la mémoire de Napoléon le Grand, ainsi que celle de Napoléon III et de leurs fils, Napoléon II et Napoléon IV. Il reconnait Napoléon IV comme ayant régné sans avoir gouverné, en vertu du plébiscite de mai 1870. Le mouvement ne reconnait pas d’empereur après 1879, en vertu de l’absence de plébiscite. Républicain, il privilégie le bonheur, les intérêts et la gloire des peuples, et n’envisage de rétablissement de l’Empire que si les fondements en sont républicains et le régime approuvé par voie référendaire.
Cet article, publié dans décision présidentielle, défense et sécurité, FRANCOPHONIE ET UNION LATINE, idées napoléoniennes, Intérieur, Santé et Affaires sociales, Travaux publics, Urbanisme, Urbanisme, travaux publics, patrimoine et culture, est tagué , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Ajoutez ce permalien à vos favoris.

Répondre

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion /  Changer )

Photo Google

Vous commentez à l'aide de votre compte Google. Déconnexion /  Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion /  Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion /  Changer )

Connexion à %s

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur la façon dont les données de vos commentaires sont traitées.